sexta-feira, 17 de setembro de 2010

PROCESSOS SOCIAIS


Embora alguns autores valorizem a longa duração e outros não, todos concordam que os processos sociais são relacionados â mudanças e/ou transformações que ocorrem de forma contínua e que entre outras coisas, refletem determinados tipos de relações socais. Segundo Oliveira (2001) qualquer mudança proveniente dos contatos e da interação social entre os membros de uma sociedade constitui, um processo social.

Tipos de processo social

ASSOCIATIVOS (Cooperação, Acomodação e Assimilação)

  • Cooperação - É um tipo de processo social caracterizado pela atuação de um ou mais indivíduos atuam juntos visando uma finalidade comum. A cooperação pode ser ainda:
  • Direta ou temporária – quando as pessoas se unem para realizar uma atividade durante um período determinado. Exemplo : mutirões para a construção de casas populares.
  • Contínua ou Indireta - quando as pessoas unidas em atividades diferentes, sempre necessitam indiretamente umas das outras, por não serem auto-suficientes. Exemplo: o médico e o lavrador – o médico não pode viver sem o alimento produzido pelo lavrador, e este necessita do medico quando fica doente.

  • Acomodação-É um processo social com o objetivo de diminuir o conflito entre indivíduos ou grupos, reduzindo o mesmo e encontrando um novo modus vivendi. O modus vivendi é uma espécie de arranjo temporário, que possibilita a convivência entre elementos e grupos antagônicos. Segundo Oliveira (2201) A acomodação é o processo social em que o indivíduo ou o grupo se ajusta a uma situação de conflito, sem que ocorram transformações internas, trata-se, portanto, de uma solução superficial com alcance menor que a assimilação.A acomodação cooperação pode assumir diversas formas como:
  • Coerção- pautada na ameaça e uso da força do mais forte sobre o mais fraco.
  • Compromisso – Quando as partes envolvidas possuem poderes semelhantes e chegam a acomodação através de concessões mútuas.
  • Arbitragem – Acomodação obtida por meio de um terceiro.
  • Tolerância – caracteriza o grau mínimo de acomodação. Não podendo ser considerado uma solução para situações conflitivas.
  • Conciliação – envolve mudanças de sentimento com diminuição da hostilidade

Exemplos de acomodação. Imigrantes recém chegados, diplomacia, pactos pos- guerra, relação entre grupos religiosos,etc..

Yasser Arafat cumprimenta o primeirro ministro de Israel, Yatzhak Rabin

  • Assimilação – Bastante associado a idéia de integração sócio-cultural , esse tipo de processo social ocorre quando um indivíduo ou grupo aceita e adquire padrões culturais (costumes, tradição comportamento) de outro indivíduo ou grupo distinto. Segundo Oliveira(2001) trata-se de um processo de ajustamento, pelo qual os indivíduos ou grupos diferentes tornam-se semelhantes. Difere da acomodação, porque implica em transformações internas nos indivíduos ou grupo. Tais modificações envolvem mudanças na maneira de pensar, de sentir e agir.

Exemplo, índios catequizados

Padre Anchieta catequizando índias


DISSOCIATIVOS (Competição e Conflito)

  • Competição – Alguns sociólogos afirmam que a competição é a forma mais elementar e universal de interação, consistindo em uma luta disputa incessante por coisas concretas.Alguns acrescentam que trata-se de uma contenda contínua, inconsciente e impessoal.

Exemplo. Ações relacionadas a obtenção de êxito na vida econômica, na posição social, nos esportes, nas atividades profissionais.

competição de ciclismo


  • Conflito – Ocorre quando a competição assume características de elevada tensão social. No processo de conflito a luta torna-se pessoal e hostil, já que cada um dos envolvidos tem consciência de que para alcançar os próprios objetivos é necessário fazer com que o adversário não alcance o seu. O conflito é uma contenda de indivíduos ou grupos, em que cada qual dos contendores almeja uma solução que exclui a desejada pelo adversário.

Guerra no Vietnan



Referências:

LAKATOs,Eva Maria. Sciologia Geral, São Paulo. Atlas 1985
PERSIO SANTOS DE OLIVEIRA · Introdução à Sociologia da Educação. São Paulo, Atica, 2001

3 comentários:

Anônimo disse...

ajudou muuuuuito!

Rafael Martins disse...

Muito obrigado!
Adorei
foi praticamente uma aula!
me ajudou muitissimo!
Valeu!

Anônimo disse...

Outro processo dissociativo é o litígio, viu